Segunda, 16 de Maio de 2022
32°

Nuvens esparsas

Teresina - PI

Política Politica

Ainda é cedo para dizer”, afirma Fábio Novo sobre eleição em 1º turno no Piauí

O deputado comentou que não integra a ala do Partido dos Trabalhadores que busca o apoio do prefeito de Teresina, Dr. Pessoa

27/04/2022 às 10h00
Por: Redação Fonte: Portal O Dia
Compartilhe:
Foto: Arquivo / O Dia
Foto: Arquivo / O Dia

O deputado estadual Fábio Novo (PT) avalia que ainda é cedo para afirmar que a eleição para o Governo do Piauí será decidida em primeiro turno. Para o parlamentar, a eleição será polarizada entre Rafael Fonteles (PT) e Sílvio Mendes (União Brasil) e que o acirramento entre os dois candidatos tende a beneficiar o Partido dos Trabalhadores.

“Ainda é cedo para dizer. Mas como temos uma eleição polarizada entre Rafael e Sílvio e os outros nomes que se apresentam neste momento não mostram musculatura eleitoral, é previsível que a gente tenha uma eleição que possa se decidir, sim, no primeiro turno”, comentou.

Fábio Novo reconheceu que, diferentemente das outras eleições para o governo, a oposição agora possui um candidato mais competitivo. Por outro lado, criticou o grupo liderado pelo ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira

“Temos nessa eleição um candidato mais competitivo, que é o ex-prefeito Sílvio Mendes. Mas por trás do Sílvio tem um grupo que é preciso que a sociedade conheça”, disse ao apontar que será preciso mostrar durante a campanha eleitoral quem está por trás da candidatura de Sílvio Mendes. 

Mágoa de Dr. Pessoa

O deputado comentou que não integra a ala do Partido dos Trabalhadores que busca o apoio do prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, para a candidatura de Rafael Fonteles. Além de criticar a gestão de Pessoa, Fábio Novo relevou mágoa que carregada desde a eleição de prefeito de 2020. 

“Tive uma situação que foi muito pessoal. No segundo turno tivemos uma visita do Pessoa na minha casa. Ele queria meu voto, mas deixava claramente que não gostaria, mesmo tendo meu voto, de que eu não participasse da sua campanha porque não queria se misturar com Lava Jato e Mensalão. E eu não faço parte disso. Aquilo me feriu bastante”, disse. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias