Segunda, 16 de Maio de 2022
31°

Nuvens esparsas

Teresina - PI

Economia Economia

Banco Central libera extrato de valores a receber na segunda-feira (7)

Calendário para pedir resgate foi definido a partir da data de nascimento da pessoa ou de criação da empresa; veja

28/02/2022 às 16h00
Por: Luan Rodrigues Fonte: Portal Clube News
Compartilhe:
Valores a receber. (Foto: Carlienne Carpaso/ portal ClubeNews)
Valores a receber. (Foto: Carlienne Carpaso/ portal ClubeNews)

Tem início na próxima segunda-feira (7) a liberação dos primeiros extratos do Sistema Valores a Receber (SVR) do Banco Central (BC). Será a primeira vez que os consumidores poderão ter acesso ao valor exato que será restituído por instituições financeiras e agendar o resgate. Confira o calendário completo abaixo.

O sistema criou um calendário para que as pessoas físicas e jurídicas possam pedir o resgate e saber o valor que estava esquecido. Foram criados três períodos, definidos a partir da data de nascimento da pessoa ou de criação da empresa.

* 7 a 11/3 – para nascidos ou empresas abertas antes de 1968
* 14 a 18/3 – para nascidos ou empresas abertas entre 1968 e 1983
* 21 a 25/3 – para nascidos ou empresas abertas após 1983

De onde vem esse “dinheiro esquecido”?

Segundo o BC, o sistema de consulta procura valores que estejam nas seguintes condições:

* Contas correntes ou poupança encerradas com saldo disponível;
* Tarifas cobradas indevidamente, desde que previstas em Termos de Compromisso assinados pelo banco com o BC;
* Parcelas ou obrigações relativas a operações de crédito cobradas indevidamente, desde que previstas em Termos de Compromisso assinados pelo banco com o BC;
* Cotas de capital e rateio de sobras líquidas de beneficiários de cooperativas de crédito;
* Recursos não procurados de grupos de consórcio encerrados.

Nova chance
Quem acessou o Sistema Valores a Receber (SVR) do Banco Central (BC) e recebeu a mensagem “não há registros na base de valores a receber” não precisa perder a esperança de receber um dinheirinho extra. Isso porque o BC anunciou que uma nova consulta será liberada no dia 2 de maio.

“Quem não encontrar valores a receber nesta etapa poderá ter recursos nas próximas fases”, informou o órgão.

Para muitas pessoas – mais de 79% dos clientes que acessaram o SVR até agora – a consulta resultou na mensagem negativa, mas a segunda etapa de maio pode trazer boas notícias. “Por menor que seja o valor, é um dinheiro seu e os bancos têm obrigação de guardar e devolver”, destaca o especialista em finanças pessoais Carlos Araújo.

Nesta primeira etapa o SVR não informou quanto o cliente tem para receber. Essa informação só será revelada agora em março quando o consumidor voltar a plataforma na data informada na consulta prévia.

O BC estima em R$ 8 bilhões o valor total a ser devolvido a 28 milhões de pessoas físicas e jurídicas em 2022.

Como fazer a consulta e pedir o resgate

* Acesse o site https://valoresareceber.bcb.gov.br/
* Os únicos dados solicitados, segundo o Banco Central, são CPF, no caso das pessoas físicas, e CNPJ, no caso das empresas, para consultar a existência de recursos para saque;
* A página vai informar uma data para consultar os valores e solicitar o saque – anote esta data;
* Na data informada, retorne à página https://valoresareceber.bcb.gov.br/
* Use seu login gov.br para acessar o sistema;
* Após o acesso, consulte o valor e solicite a transferência via Pix.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias