Quarta, 28 de Outubro de 2020
86000000000
Polícia Prisão

PF prende Jornalista Tony Trindade suspeito de divulgar informações sigilosas a investigados da Operação Delivery

Segundo a Policia Federal o jornalista pode ter recebido informações sigilosas e divulgado aos investigados, colaborando para a destruição de provas

18/08/2020 15h19 Atualizada há 2 meses
4.447
Por: Iamercia Rocha
PF prende Jornalista Tony Trindade suspeito de divulgar informações sigilosas a investigados da Operação Delivery

O jornalista Tony Trindade foi preso preventivamente na manhã desta terça-feira (18) durante a deflagração da Operação Acesso Negado da polícia federal, realizada com o objetivo de investigar atos ilegais de intervenção na Operação Delivery, outra investigação que apura desvio de recursos públicos do FUNDEB destinados a cidade de União-PI.

 

Segundo a Policia Federal o jornalista é suspeito de receber informações sigilosas da Operação Delivery e divulgar aos investigados, colaborando assim para a manipulação de depoimentos e destruição de provas.

 

Ainda segundo a PF, nesta fase da investigação, 20 policiais federais, foram mobilizados para o cumprimento de 1 mandado de prisão preventiva e 5 mandados de busca e apreensão em Teresina Monsenhor Gil, cidade natal do jornalista, localizada a 56 Km da capital. O objetivo é colher provas que identifiquem responsáveis por fornecer indevidamente as informações sigilosas.

A PF diz que foram descobertos “encontros dos investigados com agentes públicos, que teriam colaborados com a obtenção das informações sigilosas, além de acesso indevido a processo judicial sigiloso, convergência e manipulação de versões, atos intimidatórios, no intuito de frustrar a investigação policial, dentre outros fatos.”. A polícia investiga quem seria o agente público que teria colaborado com o jornalista.

Em nota a assessoria de imprensa de Tony Trindade informou que “o mandado de prisão preventiva a título de frear a divulgação de informação soa descabido e desproporcional” e que o jornalista teria sido preso por manter “relações com suas fontes”.

 

Leia na íntegra a nota:

 

NOTA À IMPRENSA

A assessoria de imprensa do jornalista Tony Trindade considera oportuno esclarecer fatos a respeito da Operação “Acesso Negado”, deflagrada nesta terça-feira (18) pela Polícia Federal, em Teresina, Monsenhor Gil e União e que resultou na prisão preventiva do jornalista.

Conforme nota divulgada pela própria PF, a operação investiga “atos ilegais de intervenção/embaraçamento” à investigação de desvios de recursos públicos destinados à educação na cidade de União, cabe ressaltar que na qualidade de apresentador de programa de televisão e colunista de jornal, Tony Trindade ao veicular fatos da operação, apenas fez o seu dever de jornalista e formador de opinião.

O mandado de prisão preventiva a título de frear a divulgação de informação soa descabido e desproporcional, uma vez que o jornalista sequer foi ouvido pela autoridade policial antes da condução.

É temoroso ao exercício profissional, que jornalistas sejam presos por relações com suas fontes, relações essas que são asseguradas pela própria Constituição Federal.

Tony Trindade coloca-se à disposição das autoridades, certo de que atos ilegais não prosperarão com o aval da justiça.

Assessoria de imprensa

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Teresina - PI
Atualizado às 16h54 - Fonte: Climatempo
37°
Nuvens esparsas

Mín. 25° Máx. 37°

39° Sensação
4 km/h Vento
33% Umidade do ar
90% (5mm) Chance de chuva
Amanhã (29/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 37°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Sexta (30/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 38°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias